Header Ads

Últimas

ABF elege nova diretoria para o biênio 2019-2020



Nova chapa é liderada por André Friedheim (presidente), da rede Café do Ponto, e Antonio Moreira Leite (vice), da Spoleto
*Por: Redação

A ABF – Associação Brasileira de Franchising anuncia os novos membros do Conselho Diretor e do Conselho Fiscal da entidade para o biênio 2019-2020 (veja a composição da chapa abaixo). 

Conforme estabelece o Estatuto da ABF, cabe ao Conselho Diretor implantar as ações que visam cumprir a missão da ABF, isto é, promover o desenvolvimento do franchising brasileiro nacional e internacionalmente, além do fortalecimento institucional da entidade. Já o Conselho Fiscal é responsável por analisar e fiscalizar as contas e ações da ABF.

A presidência da entidade no período será exercida por André Friedheim. Máster-franqueado da rede Café do Ponto, Friedheim assumiu a vice-presidência da Associação neste ano de 2018, o último da gestão de Altino Cristofoletti Junior. Atuante na ABF há mais de 12 anos, o executivo foi também diretor internacional da entidade nas duas últimas gestões e, anteriormente, respondeu pela diretoria de Marketing. Já a vice-presidência ficará a cargo de Antonio Moreira Leite. Sócio-fundador e CEO da rede Spoleto, Leite é graduado em Economia e possui MBA em Marketing pela PUC Rio, além de especialização na IE Business School.

Foram anunciados também os nomes dos diretores regionais, que exercerão suas funções pelo mesmo período (veja o quadro completo abaixo), o novo presidente da Comissão de Ética, Jae Ho Lee, e o novo diretor executivo, Marcelo Maia que assume o cargo a partir deste mês. Graduado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Maia foi secretário de Comércio e Serviços do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) de 2015 a 2018, e acumula mais de 20 anos de experiência no setor de varejo. O executivo possui, ainda, especializações em Finanças e Administração pela Universidade da Califórnia em Berkeley, especialização em Direito Econômico pela FGV, MBA em Finanças pelo IBMEC e concluiu Mestrado em Estratégia e Liderança na London Business School. Para o novo presidente da ABF, “Maia é um executivo que alia grande experiência nos setores público e privado, com ênfase no varejo, e esta experiência, sem dúvida, contribuirá muito com o trabalho desenvolvido pela ABF”.

Principais propostas

Em linha com o mercado e o próprio País, a ABF também vem se transformando. De acordo com Friedheim, “a nova gestão tem como principais propostas tornar a ABF mais ágil, mais moderna e mais digital”. Ainda segundo o novo presidente, o corpo diretivo da entidade trabalhará para tornar mais evidente a atuação da ABF para além do setor, valorizando ainda mais as empresas associadas e os segmentos em que atuam. “Pretendemos entregar mais valor para os associados, realizar ações que envolvam todos os stakeholders do setor e o mercado como um todo, fortalecer e ampliar as parcerias, expandir e aprofundar a presença da ABF nas cidades e nos meios digitais”, afirma.

A capacitação no franchising continuará a ser uma área-chave da ABF na nova gestão. “Vamos lançar um programa de Mentoria, capitaneado por alguns dos principais líderes do franchising brasileiro. Vamos, por exemplo, investir mais no aplicativo da ABF, que terá ainda mais funcionalidade, novos conteúdos e poderá ser utilizado pela pessoa interessada a qualquer momento, onde e quando ela desejar”, adianta Friedheim.

Altino Cristofoletti Junior, presidente entre 2017 e 2018, passa a compor o Conselho de Associados, atuando ao lado dos membros: Ricardo Bomeny (do Grupo BFFC), novo presidente do Conselho em substituição a Artur Grynbaum (Grupo Boticário); Maria Cristina Cameirão Franco, Carlos Alberto Zilli (Imaginarium), Claudio Luiz Miccieli dos Santos (Giraffas), Luiz Henrique Oliveira do Amaral (advogado sócio da Danemann Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira Advogados), Juarez Leão (fundador e presidente da consultoria Leão Business Upgrade) e Marcelo Raposo Cherto (sócio-fundador da Cherto Consultoria Empresarial).

Além dos conselhos Diretor e Fiscal eleitos, dos diretores regionais e do presidente da Comissão de Ética nomeados, a ABF conta também com uma equipe formada por cerca de 30 profissionais do mercado que atuam nas áreas de Educação, Marketing e Eventos, Jurídica e Administrativo-Financeira. “Todos os colaboradores da ABF, diretores voluntários e profissionais contratados, estão dedicados e com o fiel propósito de cumprir a missão da entidade que é essencialmente 'divulgar, defender e promover o desenvolvimento técnico e institucional deste moderno sistema de negócios' que é o franchising", conclui André Friedheim. 

Em chapa única, foram eleitos por aclamação os seguintes membros:

Conselho Diretor:

Conselho Fiscal:

ABF Seccional Rio de Janeiro (Presidente eleita em 2017):


Foram nomeados diretores regionais os seguintes membros associados:


Comissão de Ética:



Sobre a ABF

A ABF – Associação Brasileira de Franchising é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 1987, que representa oficialmente o sistema de franquias brasileiro. O setor registra um faturamento anual de aproximadamente R$ 160 bilhões, mais de 140 mil unidades e cerca de 2.800 marcas de franquias espalhadas por todo o Brasil. Além disso, o franchising brasileiro responde por 2,4% do PIB e emprega diretamente mais de 1,2 milhão de trabalhadores. Atualmente com mais de 1.100 associados e cobrindo todo o território nacional por meio da seccional Rio de Janeiro e de regionais (Sul, Minas Gerais, Centro-Oeste, Nordeste e Interior de São Paulo), a entidade reúne franqueadores, franqueados, advogados, consultores e demais fornecedores e stakeholders do setor. O propósito da ABF é fomentar o franchising brasileiro, nacional e internacionalmente, para que ele se mantenha próspero, sustentável, inovador, inclusivo e ético. A Associação dedica-se a aperfeiçoar o sistema de franquias brasileiro por meio da capacitação de pessoas em diversos cursos presenciais e on-line, do estímulo à inovação, da disseminação das melhores práticas, da representação junto às diversas instâncias públicas e divulgação dos resultados do setor.