Header Ads

Últimas

De cliente à sócia: conheça a história da Airomas


Fornecedora de solução de aromatização do The Spa, a Airomas foi comprada pelo grupo Profit AGP, dono do spa, e passou por profissionalização da gestão. Agora expande pelo sistema de franquias

Na área externa do luxuoso The Spa, no Itaim Bibi, bairro nobre de São Paulo, um lago cheio de carpas transmite calma e tranquilidade aos clientes que entram no espaço. Tudo muito zen, uma delícia de se ver, não fosse um problema: o cheiro ruim de peixe que ficava no ar na primeira hora do dia, e que só desaparecia depois que a recepcionista borrifava um spray com fragrância mais agradável, prática repetida várias vezes ao longo do dia para que o cheiro ruim não voltasse.

Deveria haver solução mais inteligente. E havia. Sócia do empreendimento, Eliana Machado foi pesquisar o que existia no mercado e conheceu a Airomas, empresa especializada em aromatização profissional de ambientes e marketing olfativo. Logo contratou o serviço, para dar fim ao cheiro de peixe.

Graças à tecnologia de nanonebulização presente nos equipamentos da Airomas, que espalha o perfume uniformemente no ambiente, o mau cheiro de peixe sumiu. A fragrância escolhida foi indicada pela própria Airomas, que analisa cada caso de mau odor e sugere o perfume mais específico para o tratamento. "As carpas continuam enfeitando nosso lago, mas nunca mais tivemos que lidar com o mau cheiro de peixe", diz Eliana.

O relacionamento entre a Airomas e o spa deu tão certo que mudou de status: de cliente e fornecedor passou para sociedade.

Eliana explica que, em 2016, os fundadores da Airomas decidiram colocar a empresa à venda, porque queriam regressar para a Europa. A empresa dona do The Spa, a Profit AGP, viu ali uma boa oportunidade de negócio e adquiriu a marca. Dessa forma, Eliana, que antes ficava à frente do The Spa, é hoje diretora de operações da Airomas. "Passamos por um ano de profissionalização e agora estamos começando a expansão por franquias", diz.

Com clientes espalhados pelo país, a Airomas entendeu que crescer por meio do franchising era a melhor estratégia. "Hoje, muitos clientes são atendidos a distância, porque a sede da empresa fica na Grande São Paulo, e acreditamos que um franqueado mais próximo poderá não só trabalhar melhor a região como dar um suporte ainda mais próximo aos consumidores", explica Josemir Rocha, diretor de expansão da Airomas.

O investimento inicial em uma franquia da Airomas fica em R$ 70 mil, incluindo taxa de franquia e capital de giro, e o franqueado pode trabalhar de casa, o que elimina os custos fixos com um escritório e permite fazer a gestão do próprio horário. No modelo desenhado pela Airomas, o candidato a franqueado precisa ter excelente habilidade comercial. "Ficará sob responsabilidade do franqueado conquistar novos clientes em sua região de atuação", diz Josemir.

Os equipamentos importados utilizados pela marca continuam sendo de propriedade do franqueador. Dessa forma, a manutenção dos mesmos também fica a cargo da marca – e não do franqueado. "São equipamentos caros, com poucos fornecedores de assistência técnica, por isso assumimos a responsabilidade sobre as máquinas mesmo adotando o modelo de franquia", explica Josemir.

Assim, caso um equipamento alocado em um cliente do franqueado venha a apresentar qualquer dificuldade, o franqueado irá substituí-lo por outro equipamento que tenha em "estoque" e enviará o modelo com defeito para o franqueador.

Além de captar novos clientes, também é trabalho do franqueado repor mensalmente os aromas dos equipamentos alocados nos clientes. "É um procedimento simples, que qualquer pessoa treinada pode fazer", diz Josemir.

Ao adquirir uma franquia da Airomas o empreendedor participa de um treinamento presencial de cinco dias na sede do franqueador. Nesse momento, além de aprender tudo sobre a Airomas e a essência do negócio, o franqueado absorve noções de perfumaria e conhece a parte técnica dos equipamentos.

A expectativa da Airomas é inaugurar 10 franquias até o fim do ano.