Header Ads

Últimas

Microfranquia é oportunidade de negócio para aposentados


A microfranquia é uma oportunidade com baixo investimento inicial e rápido retorno

De acordo com dados da secretaria da Previdência Social, o brasileiro, em média, se aposenta aos 58 anos, uma das menores taxas do mundo. E com a expectativa de vida da população brasileira que já ultrapassa os 75 anos, tem muita gente com disposição em busca de uma rotina mais suave de trabalho, mas que contribua para complementação de renda da família ou para manter-se em atividade. 

E uma franquia é a melhor opção para quem quer empreender, mas não tem ainda a experiência necessária na área. "As grandes redes de franquias do país trazem essa expertise de mercado, com um modelo de negócios já testado, oferecendo ao empreendedor de primeira viagem total suporte", explica Ana Virgínia Falcão, CEO da Clube Turismo, eleita em 2019 pela ABF uma das 30 maiores redes de franquias do país.

A microfranquia é uma oportunidade com baixo investimento inicial e rápido retorno. É o caso do empresário Cláudio Teske, 60 anos. Com experiência anterior no setor têxtil, hoje ele vive quase que exclusivamente da renda gerada pela franquia Clube Turismo. “Não tinha experiência na área. Então, por dois anos fui franqueado no modelo Home Office, com um baixo custo de investimento. Deu para entender se daria certo ou não, sem correr muitos riscos”, explica.

 Há um ano e meio ele fez um upgrade na operação e saiu do formato Home Office para uma loja da franquia Clube Turismo em São Paulo. “Meu objetivo era garantir uma remuneração que complementasse a nossa renda”, comenta. Para 2019, o empresário espera consolidar o bom resultado realizado no ano passado e crescer cerca de 15%. 

Já o aposentado Wellington Marques Felipe, 76, buscou a microfranquia como uma forma de manter-se ativo e preencher as horas vagas. “Sempre fiz meus roteiros e das pessoas que viajavam comigo. Então, quando parei de trabalhar em 2011, comecei a pensar no que fazer e aí surgiu a idéia de franquia de agência de viagens Home Office, que me permitiu ocupar horas ociosas e ainda tornar minhas viagens mais baratas”, diz.

O aposentado conheceu a Clube Turismo numa feira de franquias em São Paulo. Depois, visitou lojas no estado para levantar mais informações. Desde 2014 atua como franqueado da marca. “A franquia surgiu para atender uma demanda pessoal e já viajei com amigos para vários lugares. No ano passado estivemos no Alasca, Canadá e África do Sul”, comemora.

Viajar mais e mais barato também foi o objetivo do aposentado Marcelo Dantas, 62, de João Pessoa, que desde 2009 é um microfranqueado da Clube Turismo. “Trabalhei 33 anos no Banco do Brasil e era cliente da agência. Conhecia muita gente e achei interessante a ideia de transformar o hobby numa atividade que pelo menos diminuísse meus custos”, comenta.