Header Ads

Últimas

Ela fatura R$ 1,5 milhão vendendo produtos 100% mineiros em São Paulo


Lilian Teodoro, mineira de Muzambinho e filha de comerciantes, fundou o Empório Coisas de Minas, no bairro da Mooca
Por: Redação


A história do Empório Coisas de Minas, rede que oferece produtos tipicamente mineiros em um espaço charmoso ao estilo cidade do interior, começou em 2005, quando o casal Juliano Lisa e Lilian Teodoro se conheceu.

Ela, nascida em Muzambinho (MG), foi para São Paulo fazer estágio do curso de Farmácia. Ele, paulistano, formado em Administração e Comércio Exterior, trabalhava no ramo desde cedo.

Da união nasceu o primeiro filho. Lilian abdicou da profissão para cuidar do pequeno e, logo depois, engravidou de uma menina. Com os filhos mais crescidos, voltou para o mercado de trabalho atuando como sócia de uma farmácia de manipulação.

Mas faltava algo, uma paixão que tinha herdado dos pais, comerciantes natos, donos de uma loja de roupas e calçados. “Quando trabalhei com eles, a gente viajava para São Paulo, onde comprávamos produtos e matéria-prima. Com eles eu aprendi os ‘macetes’ do comércio”, comenta.

Como segurar essa paixão? Não segurou. Então, em 2012, veio um insight. Entre idas e vindas de Muzambinho, Lilian e Juliano traziam produtos produzidos na cidade, como café, pamonha, queijos, cachaça. “O carro ia leve e voltava pesado. A gente dava de presente para amigos e familiares, e também abastecia nossa casa”, lembra Lilian.

Com o tempo, as pessoas começaram a pedir mais e Lilian percebeu que não havia uma boa oferta de produtos 100% mineiros em São Paulo. Em um espacinho de 25 metros quadrados, na Mooca, nasceu o Empório Coisas de Minas, em 2013. “Queríamos montar algo diferente e de alta qualidade, vender uma nova experiência, aliada a um ambiente que remete-se ao conforto campo”, diz.

No início, a loja era administrada apenas por Lilian e só vendia produtos. Então começou a servir café ao estilo mineiro, quando a água é fervida junto com o pó. Além disso, a bebida era coada na mesa do cliente por ele mesmo. “Essa experiência ainda não existia em São Paulo e não à toa começaram as filas na loja”, comenta.

Como não havia espaço para colocar mais mesas, teve de mudar para um ambiente maior, ao lado da loja inaugural. O cardápio ganhou mais opções, e quem disse que as filas diminuíram? “Aos sábado tínhamos filas de dez mesas”, lembra Lilian. Nessa época, a casa já faturava quase R$ 500 mil por ano.

Lisa, que na época atuava como diretor de uma multinacional, abandonou o cargo para se juntar à esposa e iniciaram o processo de franchising. “Nosso primeiro franqueado foi um ex-cliente”, relembra. Enquanto isso, a loja da Mooca continuava movimentada e, meses depois, o casal ampliou o espaço para o andar de cima.

Essa história de sucesso rendeu um faturamento de R$ 1,5 milhão em 2018. Atualmente a rede conta com quatro franquias e tem a previsão de inaugurar entre cinco e dez unidades neste ano, e faturar R$ 3 milhões.
O negócio “100% mineiro” é levado a sério pelo casal. O Empório Coisas de Minas é a única casa de São Paulo que só oferece produtos produzidos em Minas Gerais, inclusive a água e os refrigerantes artesanais têm origem mineira.

“Nossos produtos movimentam a economia de pequenas cidades mineiras. Quando as pessoas pedem um café, a gente costuma dizer que a bebida veio direto da lavoura para a xícara”, finaliza Lilian.

Para ser proprietário de uma franquia, o investimento é a partir de R$ 200 mil. O prazo de retorno estipulado é de 18 a 24 meses.

Sobre o Empório Coisas de Minas
O Empório Coisas de Minas foi fundado em 2013 em um pequeno espaço no bairro da Mooca. Com um ambiente aconchegante ao estilo cidade do interior, a marca oferece produtos tipicamente mineiros, que incluem doces, salgados, compotas, cafés, especiarias, queijos, dentre outras opções produzidas 100% em Minas Gerais. Em 2017 o Empório Coisas de Minas entrou para o franchising e atualmente conta com quatro unidades. Para 2019, a meta é conquistar entre cinco a dez novas lojas.

Ficha Técnica
Investimento: a partir de R$ 200 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Capital de Giro: de R$ 20 mil a R$ 25 mil
Área média para Instalação: 100m²
Tipo de negócio: Alimentação
Ano de fundação: 2013
Ano de fundação do franchising: 2017
Número de funcionários: 3 a 8
Número de unidades próprias: 1
Número de unidades franqueadas: 4
Royalties: 6% sobre o faturamento
Taxa de publicidade: 2%
Faturamento médio da unidade: R$ 50 mil
Lucro médio mensal: 20% do faturamento
Prazo médio para retorno: de 18 meses a 24 meses
Site: http://emporiocoisasdeminas.com.br/