Header Ads

Últimas

Centro-Oeste recebe franquia de produtos para experiência sensorial


No comando de duas unidades da Acqua Aroma em Cuiabá, Ana Caroline Ribeiro dissemina na região o costume de aromatizar os espaços

*Por: Redação

Mato Grosso é um solo fértil para o mercado de franquias. Apenas no primeiro trimestre de 2018, o setor teve, no estado, um faturamento de R$ 39 bilhões, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF). E foi com a aromatização de ambientes que a empresária Ana Caroline Ribeiro diversificou sua atuação: ela é responsável pelas duas primeiras unidades da rede de perfumaria para casa Acqua Aroma (www.acquaaroma.com.br) na região Centro-Oeste.

"É um ramo promissor, que atinge a um público amplo, tanto homens quanto mulheres", comenta Ana, que atua em Cuiabá. Franqueada da Acqua Aroma desde outubro de 2018, ela já comandava outro negócio, voltado à beleza feminina, há seis anos.

A pouca familiaridade do público com o hábito de aromatizar os ambientes poderia ser um obstáculo, mas se tornou um desafio para a empreendedora, que enxergou a oportunidade de desenvolver esse costume. 

"Não é apenas uma questão de deixar um cheirinho agradável e usar o difusor como item de decoração. O aroma proporciona muitos benefícios para o lar e para ambientes corporativos: transmite sensação de aconchego, estimula a produtividade no trabalho e até conquista o hóspede com a impressão que o espaço foi preparado especialmente para ele", diz.

Experiência sensorial dentro da loja

O conceito da Acqua Aroma oferece uma experiência sensorial olfativa completa, o que é um grande diferencial para construir o relacionamento com o público, segundo Ana. "Cada detalhe é pensado para que o cliente se sinta confortável e desperte as lembranças de bons momentos vividos. O design e a disposição dos produtos, a trilha sonora com playlists personalizadas e a Mesa de Experimentação com difusores que possibilitam conhecer as fragrâncias", descreve.

A investida tem dado certo: tanto a primeira unidade, a Estação Cuiabá, inaugurada junto com o centro comercial, quanto a segunda, no tradicional Pantanal Shopping, têm tido bons resultados. A estimativa é fechar o primeiro ano com receita mensal média de R$ 80 mil em cada operação. 

O apoio da rede ao longo do processo foi fundamental na consolidação da marca no Centro-Oeste. "Todos os setores são bem estruturados, e contamos com o suporte até hoje. Agora queremos focar no marketing e, junto com a marca, desenvolver kits com mix de produtos para tornar o ato de presentear ainda mais especial", finaliza a empresária.