Header Ads

Últimas

Mini container é solução para furtos em obras e gera faturamento de R$ 324 mil ao ano

Containers Costa Oeste oferece franquias de locação de mini depósitos 2 em 1 para a construção civil

*Por: Redação

Cansado de vivenciar furtos nos canteiros de obras em que trabalhava, o engenheiro civil Pedro Haag teve a ideia de desenvolver mini containers de aço para guardar os materiais utilizados durante a execução da obra, que normalmente ficam protegidos apenas por um "barraco de madeira", sujeitos a roubos e condições climáticas. O resultado foi a fundação da Containers Costa Oeste (www.containerscostaoeste.com.br), que oferece o aluguel desses armazéns e é fonte de renda para aqueles que desejam investir em um modelo de franquia simplificado. 

Com três tamanhos diferentes, os containers possuem banheiro acoplado e um sistema de trancas de aço para o fechamento seguro contra arrombamentos. "Assim oferecemos segurança e o mínimo de conforto para os trabalhadores da construção civil. Além disso, são depósitos de fácil manutenção, em que nós deixamos e retiramos o produto no local e não são precisos funcionários para mantê-lo", comenta o engenheiro.

O aquecimento imobiliário pede soluções como essa para os grandes empreendimentos e também para construções menores. Segundo dados do Sindicato da Habitação, em 2018 foram 98,6 mil lançamentos de imóveis no país, sendo 32,8 mil somente em São Paulo – representando um aumento de 142% na capital. A projeção para esse e os próximos anos segue a linha de ascensão.

Franquia de investimento baixo e faturamento de mais de R$ 300 mil

Após o forte crescimento nas locações nas unidades próprias, Pedro aderiu ao franchising, em 2015. Não há restrições para ser um franqueado e fornecer o aluguel para obras de pequeno e médio porte. O empreendedor recebe toda a assessoria necessária para iniciar a empreitada e auxílio para a prospecção de clientes, além de conseguir realizar a gestão em paralelo a outras atividades. 

O construtor Silvio Ney da Silva, de Foz do Iguaçu (PR), é um exemplo desse caso. Com dois anos e meio de operação da sua franquia, ele possui um rendimento mensal de R$ 27 mil, com mais de 100 mini depósitos. "Começou como uma renda extra e se tornou a principal. Como toda a administração pode ser feita de forma remota e em qualquer lugar, eu ainda consigo manter meu outro trabalho", fala o franqueado. 

A previsão média de retorno do negócio é de 18 meses, e o investimento inicial médio parte de R$ 45 mil. Já são 18 unidades no Brasil espalhadas em 5 estados e no Paraguai, sendo 17 franquias, com cerca de 630 mini containers alugados. "Com baixo investimento, lucratividade rápida e fácil administração, é um modelo que permite ao dono conciliar o empreendimento com outras atividades e aumentar sua renda", diz o fundador da Costa Oeste.