Header Ads

Últimas

Multifranqueados ganham espaço no franchising brasileiro


Segmentos diversos como beleza e educação vêm para provar esse cenário positivo

*Por: Redação 

Ser criterioso para escolher o franqueado ideal é uma das tarefas mais importantes para o sucesso de uma franquia, uma vez que esse parceiro auxilia no crescimento e esta à frente da marca em determinada região. Por isso, muitas redes estão apostando cada vez mais no perfil de multifranqueados - empreendedores que possuem o interesse e estratégia para investir em mais de uma operação e assim se desenvolver junto com a franqueadora, sendo uma opção segura, com menos custos e que torna mais veloz sua expansão.

São os multifranqueados que enfrentam os desafios de poder ter mais de um negócio e aproveitam todo o know-how de um primeiro negócio bem sucedido para faturar ainda mais com outras unidades da mesma marca.

"As redes melhoram muito sua capacidade de gestão realizada por esses multifranqueados, que conhecem com profundidade o negócio que optaram por ser franqueados e contam com experiência na parte operacional do negócio. Além da melhor capacidade de investimento, já conhecem as regras do sistema de franquias", afirma Adir Ribeiro, presidente da Praxis Business.

Essa prática já é muito comum nos Estados Unidos, onde multifranqueados são grandes potências e faturam milhões por anos. Existem grupos que administram muitas operações franqueadas, sendo tendência também no mercado brasileiro, por ser uma relação sólida e com vantagens para ambos. Segundo dados da ABF (Associação Brasileira de Franchising), atualmente, 74,5% das redes de franquias brasileiras conta com multifranqueados.

A abertura de novas unidades exige além de planejamento financeiro e, principalmente junto à franqueadora, disposição para começar um novo negócio do zero. Por outro lado, traz mais maturidade ao segmento, uma vez que o empreendedor passa a adotar em seu novo empreendimento, um modelo de gestão e controle mais avançado e toda sua expertise do primeiro negócio, obtendo um melhor desempenho e mais agilidade nos processos.

 Foi o que aconteceu com Marcelo Guenka, franqueado de três unidades da SuperGeeks – escola de programação e robótica. Enquanto trabalhava em consultoria de TI prestando serviço nas mais variadas corporações, Marcelo Guenka sempre se deparou com a dificuldade de encontrar mão de obra formada e qualificada. Foi aí que encontrou na SuperGeeks uma possibilidade de preparar melhor os profissionais do futuro.  Ele inaugurou a primeira unidade em São José dos Campos (SP), em fevereiro de 2016, com um investimento de R$ 200 mil. O retorno veio pela quantidade de alunos: 80 no logo primeiro semestre de operação. O sucesso da unidade fez com que ele logo abrisse a segunda – no mesmo ano, em Mogi das Cruzes com um investimento de R$ 180 mil. Não obstante, ele já está em sua terceira franquia, em Taubaté (SP), que foi aberta no início de 2018, com R$ 210 mil de investimento inicial e que registra faturamento médio de R$ 39 mil por mês. 



Na Sóbrancelhas, rede especializada em embelezamento do olhar e da face, por exemplo, atualmente 57% dos franqueados são multifranqueados. O casal Marly e Anderson resolveram encarar os desafios do mercado de franchising e hoje faturam cerca de R$ 5 milhões por ano com 11 unidades da Sóbrancelhas. Marly era consultora de beleza da marca, realizava serviços de design de sobrancelhas, depilação, entre outras técnicas. Já o Anderson, tinha um cargo na área administrativa de uma multinacional. 

"A vantagem de ser um microempresário é o desenvolvimento empresarial e o domínio do dia a dia da operação, obtendo um resultado bem melhor", afirma o multifranqueado. As operações do casal estão no interior de São Paulo, uma na capital paulista e em Goiânia (GO). Marly é responsável pela gestão operacional das unidades, e Anderson cuida da área financeira e expansão. Com unidades faturando de R$ 350 mil a 700 mil, o casal empreendedor espera alcançar até o final de 2019, um faturamento de R$ 8 milhões.

"O segredo de tanto sucesso? É a dedicação 100% para o negócio prosperar com uma boa gestão, investimento em treinamentos constantes e manter a excelência na qualidade dos serviços prestados", completam.


Em 2017, Carlos Henrique Stuhler adquiriu sua primeira unidade do Instituto Gourmet e dois anos depois ele já está inaugurando a terceira unidade na capital paulista. “Depois de pesquisar outros modelos de negócios, eu decidi visitar a matriz do Instituto Gourmet. Conhecendo o método de trabalho da franqueadora percebi que o modelo de negócio da rede preenchia uma lacuna no segmento”, comenta.

Mesmo sendo franqueado desde agosto de 2017, a sua primeira unidade foi inaugurada apenas em fevereiro de 2018, em São Miguel Paulista, em outubro do mesmo ano, ele inaugurou a segunda unidade em São Mateus, também na zona leste de São Paulo e seu próximo investimento acontecerá na zona norte capital com inauguração prevista para junho de 2019.


A rede escolhida pelo empresário está presente nos três setores que mais crescem no país: franquias, educação e gastronomia. “Essas áreas estão em constante crescimento e expansão devido a gigantesca abrangência”, afirma.

Indo para outro segmento de franquias, educacionais, se destaca a rede Minds English School. Com mais de 70 operações, nas 5 regiões do país, a estratégia da empresa é o ensino apenas de um idioma com professores especializados e multifranqueados. "60% dos nossos franqueados têm mais de uma unidade e costuma montar uma escola com pelo menos três sócios", explica Leiza Oliveira, CEO da Minds Idiomas. Isso acontece porque para uma unidade operar são necessário três áreas ativas: Pedagógico, Comercial/Marketing e Administrativo. "Quem costuma ser bom no pedagógico, lecionar e montar estratégias de aulas, nem sempre é bom em administrar e lidar com finanças. Nessa parte que a união com outros sócios é bem satisfatória", evidencia Adriano Dantas, diretor da rede e multifranqueado.

Adriano Dantas, Kelly Guedes, e Patrícia Dantas têm 5 escolas e foi com essa administração de "dons profissionais" que os três conseguiram um faturamento de 5 Milhões de reais. Dantas é de Santos, dirigia transporte alternativo na juventude (sua própria van) e sempre foi bom com marketing, Patrícia e Kelly são boas profissionais com finanças e gestão de pessoas(marketing), e a área pedagógica veio com o suporte aos franqueados - Dado, exclusivamente, pela Universidade Corporativa da Minds, localizada em Maringá, PR. Foi desta união de sócios que a escola de Santos se desbravou para mais 4 pontos educacionais: Berrini (SP), Paraíso (SP), Aracajú (SE), e São Bernardo do Campo (SP).

Na Minds English School, os multifranqueados fazem parte também do comitê de franqueados. O comitê tem reuniões mensais online e bimestrais pessoalmente. Além disso, muitos multifranqueados ocupam a cadeira de diretores para atuarem diretamente nas decisões com a franqueadora.

Com 20 de experiência, a ex-profissional de marketing, Simone Carreira, trocou uma carreira brilhante e decidiu empreender para poder ficar mais próxima de sua família. A decisão não poderia ter sido melhor: Hoje há quatro anos à frente de um negócio que fatura quase R$ 2,5 milhões ao ano, Simone é uma franqueada de sucesso de quatro unidades da Mary Help – franquia especializada em serviços de profissionais diaristas e seleção de mensalistas, em São Paulo.

Ela começou com uma unidade no bairro do Tatuapé, zona leste da capital, e logo abriu outra em Santana, zona norte. O sucesso das duas unidades foi tão grande, que recentemente ela iniciou uma nova franquia no Brooklin, zona sul, e em breve iniciará outra no centro da cidade. “O faturamento global de suas quatro unidades deverá, certamente, mais que triplicar dentro dos próximos quatro anos”, declara José Roberto Campanelli, fundador da Mary Help.