Header Ads

Últimas

Cinco lições para ter sucesso no mundo das franquias


Presidente e fundador da maior plataforma de educação e tecnologia do país, a MoveEdu, Rogério Gabriel, lista os principais pontos para as empresas terem bons resultados em uma das áreas com melhor desempenho na economia do Brasil

*Por: Redação
O setor de franquias segue sendo ótima alternativa a quem busca empreender. De acordo com os mais recentes dados divulgados pela ABF (Associação Brasileira de Franchising), o mercado de franquias registrou um crescimento nominal de 5,9% no 2º trimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2018, obtendo receita superior a R$ 43 bilhões de reais. Pelo levantamento, um dos principais setores responsáveis pela alta é o de serviços educacionais. Este ramo, além de ser relevante ao desenvolvimento econômico em franquias, tem obtido bons resultados nos últimos tempos e cresceu 8,7% no período analisado pelo levantamento da ABF.

Rogério Gabriel, presidente e fundador da maior plataforma edtech – education technology – do país, a MoveEdu, está no setor de empreendedorismo há mais de duas décadas e conta com larga experiência no ramo de franquias educacionais. Como conhecedor dos melhores caminhos para o sucesso, ele lista cinco lições para empreender com sucesso no segmento.

Seu relacionamento com franqueados sustenta o negócio

A rede de franquias depende primordialmente de suas unidades franqueadas e de bons resultados que estas conquistem. E, para alcançar bons números financeiros e de expansão, ter uma relação de parceria com os franqueados é a alma do negócio. "É preciso estar próximo a eles, ouvindo suas dúvidas e pedidos. Este é um negócio que não funciona à distância, ele exige proximidade e disposição para escutar de quem toca cada unidade o que está dando certo ou não", comenta o fundador da MoveEdu, hoje com 850 franqueados. "Isso se torna especialmente importante em regiões estratégicas, nas quais os franqueados são seus olhos e ouvidos, e podem trazer uma leitura completa sobre a área em que se busca expandir os negócios ou melhorar resultados", diz.

Entenda o seu negócio

Embora esta pareça uma dica trivial, nem sempre ela é seguida como deveria. Entender o ramo em que a empresa está inserida passa por conhecer as forças e franquezas do setor, estar por dentro dos períodos mais férteis e os de vacas magras, além de ter a exata noção de quando é um bom momento para arriscar um investimento mais ousado ou segurá-lo para o futuro. "Não se trata apenas de conhecer a história do ramo ou os seus últimos resultados. Entender o seu negócio é enxergar novas possibilidades para ele quando ninguém mais consegue produzir algo novo naquele segmento", diz Rogério.

Esteja atento às inovações

"Negócio que não se recicla, não sobrevive. Estar de olho nas inovações que podem ser adaptadas ao seu serviço e até mesmo ao que o seu concorrente está fazendo são passos fundamentais para oferecer algo diferenciado ao consumidor".

Resiliência

Para um negócio dar certo é preciso insistir. O número de pessoas tentando criar algo novo é infinitamente superior aos que efetivamente conseguem criar uma empresa e ter sucesso com ela. "O empreendedorismo é tentar, tentar, tentar... falhar, voltar e tentar de novo. Ninguém deu certo de primeira – e muito menos desistindo do sonho. É preciso resistir".

Propósito

Não é exagero apontar as pessoas que trabalham com paixão como as mais resilientes. Mas, para chegar nesse patamar de insistência e foco em busca do seu negócio, é preciso enxergar propósito naquilo que se está fazendo. "Todo empreendedor busca resolver um problema da sociedade ou prover um serviço melhor para pessoas. Isso é o propósito – e sem ele não há negócio que pare em pé", comenta o fundador da MoveEdu.