Header Ads

Últimas

Investir em franquia de estética no Brasil pode render retorno de até 500% ao ano



*Por: Redação

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) o mercado de beleza e estética hoje é um dos mais promissores do país, não estando sujeito a sazonalidade. Nos últimos cinco anos, este mercado cresceu 567% no Brasil, passando de 72 mil para mais de 480 mil profissionais, e movimentando somente em 2018 47,5 bilhões de reais. Tudo isto aponta que investir neste ramo é praticamente certeza de lucro, já que independentemente da recessão da economia brasileira, a previsão de crescimento até 2020 é acima de 14%. Mas qual seria o segredo de tamanho sucesso? 


A CEO da Slimcenter, uma das principais franquias de estética do país, Thais Mugani, explica alguns dos motivos que levam este mercado a ser tão lucrativo: "o Brasil é o país da beleza. Independente de ser inverno ou verão, as pessoas querem investir na sua imagem, o que vai muito além dos motivos superficiais, resultando em melhoria de qualidade de vida, autoestima e também melhor saúde, física e mental. Isto explica porque este mercado está alheio a crise".



Navegando nesta tendência, que se mantém forte, muitos tem optado pelo franchising. A Slimcenter se tornou um case de sucesso que exemplifica isto, tendo hoje faturamento de até 1 milhão ao ano em suas unidades, além de estar em franca expansão com a entrada de, com um ROI (retorno sobre investimento) de aproximadamente 500% ao ano. Este modelo de negócios tem alcançado forte crescimento, e se apresenta como um caminho que muitos investidores têm escolhido para ter lucros expressivos sem ter de criar uma nova marca e estabelecer uma reputação no mercado a partir do zero, aproveitando o nome e o know-how da franquia para começar rapidamente um negócio.


O Começo


Thais aponta que por trás do seu sucesso existe um fator imprescindível para se chegar lá, que é o fator humano. "Nossa história começa em 2007, onde eu e meu marido, que é hoje meu sócio, nos conhecemos. A história da Slimcenter começa com a história das nossas vidas. Eu com 18 anos de jaleco, escrito 'posso ajudar' trabalhando como suporte ao público e atendente na Caixa Econômica Federal e o Warllem em cima de telhados e prédios fazendo instalações de antenas. Nos apaixonamos e nos unimos em tudo. Além do amor que nos uniu, fomos atraídos por um sonho que tínhamos em comum, de sermos empreendedores. No entanto, não sabíamos no que investir e nem como fazer, mas esse sonho, ano após ano, queimava em nosso coração. Eu sempre gostei da área da beleza e decidimos então, após anos de economias, trabalho duro e sonhos, por abrir uma franquia de estética aqui em Nova Friburgo, partindo para o tudo ou nada". 


De franqueado a franqueador


No entanto, não satisfeitos com o suporte recebido e consequentemente o baixo lucro, o casal resolveu abrir a sua própria franquia, que viria a ser a Slimcenter: "Iniciei a faculdade de enfermagem e comecei a fazer vários cursos na área da estética, e o Warllem a se especializar no financeiro e administrativo. Saímos da franqueadora cumprindo tudo que acordamos e montamos a nossa própria empresa. Criamos protocolos exclusivos, procuramos oferecer um atendimento diferenciado ao cliente, investimos em ações de marketing, e assim em 2017 nasceu a Slimcenter, moldada à semelhança dos nossos sonhos e aspirações".



Investimento



Para os que se interessam em aproveitar o momento, investindo neste mercado que tem estado em alta nos últimos anos e que tende a permanecer assim, Thais revela qual o investimento inicial: "Hoje a matriz fatura 850 mil ano com uma margem de 48% e lucratividade de 20%. Estamos situados em uma cidade de 190 mil habitantes com PIB de R$240 milhões anuais. As possibilidades para grandes centros urbanos é imensa e a lucratividade tem o céu como limite. Hoje para iniciar uma franquia Slimcenter é possível começar com investimento a partir de R$170 mil. O faturamento mensal pode variar de 50 a 150 mil. Sendo assim, o faturamento anual pode chegar até 1 milhão, recuperando todo o investimento feito de 18 a 23 meses".