Header Ads

Últimas

Dia do Dentista: Redes de clínicas crescem, mesmo em meio à estagnação econômica do país

A cada ano, cerca de 15 mil novos profissionais ingressam no mercado, em uma área que, apesar dos números positivos, ainda apresenta gargalos e oportunidades de empreendimento

*Por: Redação

No dia 25 de outubro, comemora-se no Brasil o Dia do Dentista. E, se existe uma área em que o país pode sorrir por estar bem-servido em termos profissionais, é a odontologia.

Segundo dados do Conselho Federal de Odontologia (CFO), o Brasil é o país com o maior número de dentistas em atividade. Conforme o CFO, em um período de oito anos o número de odontologistas em atividade no Brasil cresceu 42,27% passando de 219.575 para 312.403 dentistas em 2018.

A Organização das Nações Unidas (ONU) dá ao país outra boa notícia: segundo a entidade, os dentistas brasileiros estão entre os mais capacitados do mundo.

Para os jovens que precisam escolher uma carreira profissional a seguir, a odontologia é uma das áreas mais atrativas, quase sempre constando entre as mais procuradas nos concursos vestibulares. O curso superior, que credencia o estudante à obtenção do diploma e do registro profissional, dura 10 semestres. A cada ano, em média 15 mil novos dentistas ingressam no mercado de trabalho.

Redes de clínicas crescem, mesmo em meio à estagnação econômica do país

Apesar de todos os dados positivos, o país ainda registra muitos gargalos no que tange à saúde bucal da população. Segundo o CFO, cerca de 11% dos brasileiros nunca foram ao dentista. Em termos de distribuição territorial, ainda há áreas com poucos dentistas, em contraposição a regiões com grandes concentrações de profissionais.

Esse quadro explica o fato de, mesmo diante da estagnação econômica nacional, as redes de clínicas odontológicas seguirem em expansão no país. Um exemplo é a OrthoDontic, maior rede de clínicas franqueadas do país especializadas em ortodontia, que só no primeiro semestre deste ano registrou faturamento de R$ 140 milhões – 26% acima do contabilizado no mesmo período de 2018.

Nos seis primeiros meses de 2019, a empresa conquistou 200 mil novos clientes em todas as regiões do país, um aumento de 36% na comparação com o primeiro semestre 2018. De janeiro a junho, foram abertas 19 novas unidades da franquia, resultando na geração de 200 novos empregos. Outras três clínicas iniciaram atividades a partir de julho, e a previsão é de que mais 18 devem ser abertas até o final deste ano no país, segundo a direção geral da empresa.

Com 17 anos de experiência no mercado nacional, a OrthoDontic conta hoje com mais de 220 unidades, presentes em 19 estados do Brasil. O investimento para abrir uma clínica normalmente retorna em um prazo de 25 meses, e o lucro médio de uma unidade da franquia é de R$ 40 mil por mês.

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), franquias na área da saúde tendem a ocupar cada vez mais espaço no mercado de franchising nos próximos 30 anos. No primeiro trimestre de 2019, o segmento de franquias em saúde, beleza e bem-estar cresceu 9,2% em faturamento em comparação com o mesmo período de 2018.