Header Ads

Últimas

Pizza 100% vegana é novidade no cardápio do Pizza Makers

Veganos adoradores de pizza e calzone agora têm opções dessas delícias feitas com ingredientes sem origem animal
Por: Redação

Com quase três anos de existência, o Pizza Makers já tinha um toque vegano. Afinal, desde o início, suas massas, de fabricação própria, sempre foram preparadas sem leite e ovos. Agora, para satisfazer o público que não consome produtos de origem animal, a rede traz para seu cardápio a pizza e o calzone 100% veganos. Uma vez que o conceito da pizzaria é o “faça você mesmo”, é o consumidor quem vai montar seu próprio prato. “A ideia é que a criatividade do cliente seja o principal ingrediente e que ele possa reinventar seu prato todos os dias. É um momento divertido, além de delicioso!”, explica Gregório Machado, CEO da empresa.

Quando vai fazer o pedido, a primeira escolha do consumidor é se quer pizza ou calzone. Depois se vai ser tamanho médio (22 cm) ou grande (27 cm). Daí, parte para o tipo de massa: tradicional, integral ou de batata doce. Então, chega a vez do molho de tomate, que tem duas versões: tradicional ou apimentado da casa, que é uma receita exclusiva Pizza Makers. Como recheio, é preciso escolher 12 itens entre tomate em cubos, azeitona preta, abacaxi, milho, champignon, cebola, pimentão, palmito, brócolis, abobrinha e grão de bico. Para finalizar, basta selecionar três ingredientes entre rúcula, tomate seco, manjericão, azeite, aceto balsâmico, pimenta calabresa, orégano e alho frito. E o melhor ainda é o tempo: a pizza assa em até 2 minutos num forno especial.

As pizzas e calzones 100% veganos já estão à venda em todas as unidades da rede Pizza Makers, presentes nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Inovação e expansão
Fundado por Gregório Machado em dezembro de 2016, o Pizza Makers tem como principal diferencial o conceito “faça você mesmo”, ou seja, o cliente monta a própria pizza, calzone e salada. Atualmente, a rede está presente nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo, mas focando em expandir para todo o Brasil.

A primeira unidade fora do eixo Rio-São Paulo será no Nordeste, que já está em processo de escolha de ponto, com previsão de inauguração no primeiro semestre de 2020. Em 2018, faturou em torno de R$ 10 milhões e projeta faturamento em torno de R$ 24 milhões em 2019. Um crescimento de 140% em relação ao ano passado. A meta é finalizar 2020 com 30 lojas em operação e faturamento de R$ 36 milhões.