Header Ads

Últimas

Negócios: como montar um planejamento financeiro para 2020


Consultor de negócios Alex Cruz propõe sistema de metas e objetivos para empresas.

*Por: Redação

Entre 13º, Black Friday e comemorações como Natal e Ano Novo, já é sabido que os últimos meses do ano são os que mais movimentam a economia. Com 2020 chegando, vem também um novo ciclo, o que cobra dos empreendedores uma postura organizada para passar pelo período com destreza e possibilidade de crescimento. Para isso, o consultor financeiro Alex Cruz dá dicas de como as empresas podem começar o ano com o pé direito.

De acordo com o profissional, o primeiro passo para montar um orçamento é ter o histórico de anos anteriores. Assim, é calculável a média de despesas, os principais custos e receitas. 

Tudo vem da meta que você estabelece para a empresa. Se o objetivo do ano é investir em estrutura e pessoal, é preciso calcular quantos porcentos de venda tem que aumentar para tornar isso possível

Tendo as metas em mente, o próximo passo é criar indicadores de resultados, para acompanhar seu desempenho em uma base periódica: mensalmente, bimestralmente, etc. "Se o realizado for muito diferente do planejado, o ideal é revisar ou até mesmo modificar algumas das estratégias", sugere Alex, que é MBA em Marketing pela FGV.

Entre os fatores que podem atrapalhar o bom andamento do plano, o consultor ressalta o baixo entrosamento entre a equipe, uma vez que "se as pessoas não estiverem alinhadas, não tem como fluir". Já das possibilidades externas, Alex cita "questões de legislação, parte ambiental e econômica. É preciso estar antenado às variáveis do mercado e saber tomar decisões rápidas, esperar acontecer pode dar em prejuízo".

"Quando colocamos limites e metas, a tendência é que as pessoas se desafiem a superá-los. Ter um negócio que avança tem relação não só com o dinheiro, mas com saber desafiar as pessoas, tirar a empresa da zona de conforto. Se há uma meta definida, quando chegar no fim do mês, as pessoas vão se preocupar para que esse número seja alcançado", finaliza.

Na prática

A busca por uma relação clara de metas e resultados se tornou parte do cotidiano dos empreendedores. Entre eles, está Bárbara Batista, sócia proprietária do Instituto BetoBita, e cliente de Alex. "Quando comecei a fazer produtos com meu marido, tínhamos só um valor para investir. Eu anotava todo o lucro no caderno e em uma planilha do Excel, mas percebi que precisava de mais organização se quisesse crescer", explica.

"Quando fiz um planejamento financeiro, meu negócio mudou. Aprendi muito mais sobre administração e adotei sistemas operacionais mais práticos e preciso, visualizando minhas finanças de maneira rápida e estratégica; temos tido um saldo muito positivo", finaliza a empresária.

Para ficar por dentro de mais dicas de planejamento financeiro, acesse www.consultoriacruz.com.br/