Header Ads

Últimas

A Park Idiomas cresce no Brasil e quer triplicar o número de escolas nos próximos anos

Primeira franquia de idiomas a lançar escola no formato de quiosque cresce 25% em 2019 e, para 2020 já tem previsão de inaugurar mais 15 unidades, sendo 5 em formato Lounge

Por: Redação

A Park Idiomas, franquia de escolas de inglês e espanhol, vem acompanhando o bom momento dos serviços educacionais e cresceu 25% durante todo o ano de 2019 e, para 2020, a expectativa é manter o ritmo e aumentar 30% em comparação ao ano anterior. “Acreditamos em nosso modelo de ensino e estamos muitos satisfeitos com o nosso desempenho e abertura de novas unidades. Neste ano, a rede deu um gás na operação e inaugurou 30 unidades e para 2020 já temos a previsão de abertura de mais 15”, comemora Paulo Arruda, CEO da Park Idiomas.

De olho no plano de expansão, a Park Idiomas está aprimorando a eficiência operacional das unidades franqueadas, investindo em liderança comercial centralizada, atualização do material pedagógico 100% digital através do uso de aplicativo e, na inauguração de novas unidades. A franquia planeja expandir sua atuação para todas as capitais brasileiras com mais um milhão de habitantes, especialmente as regiões Sul, Sudeste e Nordeste.

No franchising desde o ano 2000, a rede está presente em Minas Gerais, Goiás, Paraíba, Paraná, São Paulo e Distrito Federal, com mais de 80 unidades. Até 2022, pretende triplicar a base de unidades franqueadas, que tem como meta chegar a 300 no Brasil e outras 20 no exterior. A Park Idiomas se destaca entre as escolas de inglês e espanhol por oferecer aulas em um ambiente de descompressão capaz de facilitar o ensino de outra língua e promover um aprendizado mais natural e eficaz, garantindo a fluência do segundo idioma com apenas 140 horas de estudo.

O sucesso desse último ano se deve também à inauguração do primeiro lounge de escola de idiomas, que tem valor mais acessível, a partir de R$ 75 mil. Em formato quiosque, o novo modelo deve ser instalado nos corredores de shoppings center e centros comerciais. Os diferenciais com os demais modelos ficam por conta da metragem: 22m², frente aos 110m² ou 150m²; e os investimentos iniciais, entre R$ 100 a 150 mil.