Header Ads

Últimas

Empresa de aluguel de vestidos de festa criada a custo zero inicia rede de franquias

Aumento no número de brasileiros engajados em causas sustentáveis aquece proposta 

Por: Redação

Fundada no ABC Paulista em 2016, a marca de aluguéis de vestidos de festa Paetê Closet dá início à sua rede de franquias e já conta com uma unidade em Mauá, além da sede em Santo André, ambas no ABC Paulista. O aumento no número de consumidores engajados em causas ambientais fortalece o mercado de locação de roupas, visto que, de acordo com um levantamento publicado pela Opinion Box, especialista em pesquisas de mercado, 55% dos brasileiros dão preferência para empresas que promovem ações sustentáveis.

Além disso, a consultoria online para novos empreendedores, também criada pela empresária, expande abertura de novas franchising do segmento com expertise de mercado.

Criação da marca a custo zero

A Paetê Closet surgiu quando a idealizadora, Marina Guazzelli, decidiu unir dois sonhos que, aparentemente, não eram compatíveis: propagar os princípios do consumo consciente sem abrir mão de um closet variado, principalmente para ocasiões especiais.

Depois de passar por inúmeras experiências frustrantes enquanto cliente, a empresária decidiu criar sua própria marca de vestidos de festa, mas sem dinheiro para investir no novo negócio, Marina teve a ideia de juntar vestidos de amigas e colegas e começar a locá-los. Em troca, fornecia parte do valor de aluguel dos vestidos como comissão para as donas das peças.

Hoje, com três anos de existência, um closet cem por cento próprio e renovado e com sua marca reconhecida no mercado, a empresária que é pós-graduada em Gestão de Marketing, compartilha seus conhecimentos de mercado e, recentemente, deu início ao projeto de franquias.

Proposta de franquias

A proposta passou por diversas fases de maturação até que a empresária encontrasse o plano ideal que garantisse ao franqueado todo o suporte desde o primeiro contato até às vendas. Sendo assim, o apoio se dá desde a busca pelo ponto comercial até a captação de clientes, antes da inauguração. E depois passa pela supervisão diária até o fortalecimento da mídia institucional.

“A principal ideia é que a identidade e princípios da Paetê Closet se mantenham fiéis em todas as franquias, afinal, foram esses traços que nos trouxeram onde estamos hoje. Além disso, queremos facilitar a logística de nossas clientes. Nós recebemos pessoas do litoral, do interior e de outras cidades mais distantes, deste modo, o licenciamento de negócio permitirá que elas nos encontrem onde precisarem”, explica a empresária.

Marina acredita no sucesso da proposta, dado que, uma pesquisa desenvolvida pela ABF (Associação Brasileira de Franchising), indica que o faturamento de franquias teve um crescimento moderado com alta de 5,9% no segundo trimestre de 2019, se comparado ao mesmo período do ano anterior. Incorporado a essa evolução, o segmento de moda faturou R$ 4,686 bilhões no segundo trimestre de 2018 e R$ 4,868 bilhões no segundo trimestre de 2019, com aumento de 3,9%.

O mercado de locação de moda festa, principalmente feminino, é bastante aquecido e pouco explorado e com este modelo de negócio é possível ganhar de três formas, sendo elas: aluguel de vestidos in loco, locação e venda de acessórios e venda de vestidos após o ciclo de uso. “Quando se apresenta produtos e serviços com qualidade e preço justo a evolução é muito rápida”, acrescenta Marina.

Conhecendo o mercado

Além de todo o suporte para os novos investidores da marca, Marina Guazzeli também desenvolveu uma consultoria online com seis módulos que visam esclarecer diversas vertentes do universo de aluguéis de moda festa:

1º módulo: o que é preciso saber para abrir uma loja de aluguéis?
2º módulo: qual é o melhor ponto para o seu negócio e como encontrá-lo?
3º módulo: treinamento de equipe de vendas
4º módulo: a importância do pós-venda
5º módulo: ferramenta de mídias sociais e como usá-las a favor do seu negócio
6º módulo: controle financeiro

As consultorias são focadas em planos específicos, então as pessoas interessadas podem adquirir apenas um módulo ou quantos acharem necessários, não há uma ordem a ser seguida. “Particularmente, entendo que esse conhecimento seja fundamental. Eu mesma já errei muito antes de acertar e saber onde se está pisando faz com que um novo empresário saia na frente”, confessa Marina.