Header Ads

Últimas

Franquias de alimentação: o bom negócio de 2020


Conheça marcas consolidadas no mercado e quanto custa para abrir uma franquia

*Por: Redação
No último dia 22, a ABF (Associação Brasileira de Franchising) divulgou um balanço parcial dos resultados do setor em 2019. O estudo apontou um crescimento de 6,9% em relação ao ano anterior e, o segmento de alimentação contribui com 1,4% no cômputo geral. Reafirmando que investir em franquias de alimentação é sempre uma opção segura, mesmo em tempos de cautela na economia.
Em 2020, as perspectivas econômicas estão mais favoráveis e com a taxa básica de juros em patamares mais baixos, o cenário é propício para os novos empreendedores. Por fazerem parte de um negócio já testado e aprovado, as franquias possuem mais chances de gerar bons resultados. Conheça algumas franqueadoras consolidadas no mercado e quanto custa para abrir uma unidade.
Boali - rede de alimentação saudável, possui cinco modelos de negócios, com investimentos iniciais distintos que podem variar de R$ 60 mil a R$ 400 mil.
Casa de Bolos – pioneira no segmento de bolos caseiros - tem mais de 370 lojas espalhadas pelo país e é uma das 50 Maiores Redes de Franquias no Brasil. Possui dois modelos de negócios, com investimento inicial de R$ 125 mil e R$ 150 mil.
Chocolateria Brasileira, rede que fabrica e comercializa chocolates finos – oferece dois modelos de franquias com aporte inicial de R$ 203 mil e R$ 113 mil.

Espetto Carioca – rede de bares e restaurantes especializada em petiscos - conta com 31 unidades espalhadas por vários estados. O investimento na franquia é de R$ 230 mil.


Slice Cream – primeira rede de gelato fatiado – tem um cardápio variado que trabalha com a experiência sensorial e gustativa dos clientes. Novata no franchising, já é uma das mais procuradas por investidores. O aporte inicial para aquisição de um quiosque é de R$ 189 mil.