Header Ads

Últimas

Ao estudar outro idioma desde a infância, crianças desenvolvem mais segurança e desenvoltura

A aprendizagem de outra língua quando criança auxilia o aluno a adquirir habilidades importantes, como rapidez de raciocínio e até evolução emocional, já no início da vida

Por: Redação

Uma dúvida muito comum entre pais é sobre a efetividade de se matricular crianças desde cedo em cursos de idiomas. Não sendo a língua materna dos filhos, eles por muitas vezes ficam receosos sobre a capacidade das crianças em lidar com um idioma alheio ao seu logo no início da vida. Especialistas, porém, apontam para as muitas vantagens que crianças têm ao estudar uma língua estrangeira já na infância: facilidade de compreensão do idioma, desenvolvimento cognitivo e físico rápido e possibilidade de aprender a língua com uma pronúncia mais limpa e sem possíveis sotaques, caso comum entre adultos.

"Crianças costumam ter mais facilidade de compreensão, por isso tendem a assimilar o conteúdo até mais rápido do que adultos", diz César Lucchesi, gerente nacional da Pingu's English, escola que oferece ensino de inglês especializado para crianças entre dois e dez anos e chegou ao Brasil em 2015. "Ao ter contato desde cedo com uma língua estrangeira, o aluno desenvolve mais segurança e até desenvoltura maior", diz.

Outro ponto positivo apontado por especialistas para a aprendizagem de idioma estrangeiro na infância é o fato de que o cérebro humano se desenvolve com muita velocidade nos primeiros anos de vida. Dessa forma, tudo o que é aprendido nessa fase tende a ser absorvido com maior facilidade. Além disso, eles reforçam, as crianças têm mais tendência a se abrirem a novas experiências ao longo do estudo de novas línguas.

"Toda essa exposição a outro idioma desde a infância auxilia a criança a ter maior sociabilidade e até mesmo a focar melhor em outras matérias em sala de aula. O benefício não é apenas aprender uma nova língua, mas sim o desenvolvimento de questões cognitivas e sociais também", diz César.

A rede faz parte do grupo MoveEdu, maior plataforma edtech - education technology - do país. Na Pingu's English, o método de ensino desenvolve as habilidades criativas, cognitivas e socioemocionais dos alunos, fundamentais para garantir o sucesso do aprendizado também em outras áreas, como a de comunicação, desenvolvimento emocional e expressivo, compreensão de mundo e até evolução física. "Isso permite à criança aprender a reagir mais rápido em situações que exigem decisões ágeis. Ela desenvolve a habilidade de raciocinar com mais velocidade", conta César.

Os cursos da Pingu's English possuem quatro níveis, sendo o último um pacote preparatório para o Cambridge English Language Assessment YLE, além do TOTS, um programa exclusivo para crianças de 2 a 3 anos. A rede está presente em mais de 30 países e já conquistou sucesso mundial. "Nos primeiros níveis, as crianças aprendem por meio de brincadeiras, para dar foco à parte oral. Após os alunos estarem adaptados ao idioma materno, nós passamos a desenvolver as outras partes do ensino, como a escrita. Dessa maneira, a aprendizagem dos idiomas não se sobrepõe e o ensino do aluno flui melhor", comenta o gerente nacional da marca.