Header Ads

Últimas

Com o lema “Aprender para Empreender”, Instituto Gourmet lança aulas online em sua grade


Todas as aulas foram estruturadas com base na proposta de ensino da rede

 

Prezando pela saúde de seus alunos, o Instituto Gourmet, rede de ensino profissionalizante de gastronomia, adicionou aulas online à sua grade curricular. O projeto foi criado para suprir a necessidade de ministrar aulas à distância devido a pandemia causada pelo coronavírus.

“Nosso objetivo é continuar trazendo conteúdo de qualidade para nossos alunos, agora de forma online. Lançaremos duas aulas por semana, com chats abertos e em tempo real para que eles possam fazer comentários e tirar dúvidas”, comenta Glaucio Athayde, sócio diretor da rede.

Todos os módulos lançados na plataforma serão bônus e não implicarão com os conteúdos e carga horária presencial. “Nossos alunos acessarão o conteúdo na segurança de sua casa, com flexibilidade e sem sofrer prejuízo pedagógico, pelo contrário, entregaremos 24 horas de aula a mais do conteúdo presencial contratado pelo aluno”, informa.

Serão duas disciplinas disponíveis a de Confeitaria Criativa para quem está matriculado nos cursos de Confeiteiro Profissional, Doceiro Profissional e Cake Design e o de Cozinheiro Express para quem está matriculado nos cursos de Cozinheiro Profissional, Padeiro Profissional, Cozinheiro Funciona & fit e Chef Mix. Ambos com 12 módulos com duração de duas horas.

Para as aulas, a rede criou um aplicativo disponível para Android e iOS e os alunos receberão ebook com receitas, estimativa de custos e dicas para comercialização, as aulas ficarão salvas para que ele possa reprisar sempre que necessário e após o término, cada participante receberá um certificado de participação. “Esse projeto nos fez perceber uma demanda importante e será fixado em nossa grade mesmo depois da pandemia”, finaliza Glaucio.

O Instituto Gourmet foi fundado em 2014 por Lucilaine Lima e Robson Fejoli, em 2015 com a entrada do sócio Glaucio Athayde, formataram e testaram o modelo de negócio para o franchising. A expansão da rede começou 2017 e desde então segue em constante crescimento e, só no ano passado, comercializou 88 unidades e obteve um faturamento de R$ 45 milhões. Com a sociedade com o Grupo SMZTO, a meta da rede é comercializar 100 unidades e atingir o faturamento de R$ 70 milhões de reais, além do lançamento de novos cursos.