Header Ads

Últimas

Empresário deixa agropecuária e fatura R$123 milhões em rede de comida brasileira na caixinha


Com apenas 35 anos, Jhonathan Ferreira colhe os frutos da rede Brasileirinho Delivery que soma mais de 110 unidades em diversos estados brasileiros

Por: Redação 

Vindo de duas famílias tradicionais que construíram sua base financeira no agronegócio nas regiões de Mato Grosso e Goiás, Jhonathan Ferreira da Silva, nasceu em Alto Araguaia, Mato Grosso. Aos 11 anos se mudou com a família para Jales, São Paulo e aos 22 anos foi morar em São José do Rio Preto, onde começou a cursar Administração de Empresas, em 2009, aos 24 anos.

Em 2012, já formado, decidiu seguir um caminho próprio e sem ligação com os negócios da família, quando foi convidado para estar à frente do projeto de uma franqueadora de intermediação cartorária – Rede Cartório Fácil. “O sucesso desse projeto foi tanto que comercializamos 31 franquias em um ano”, comenta.

Com o projeto da rede de franquias em andamento, Jhonathan e seu sócio Adriano Massi, tinham que ficar por muito tempo no escritório, e com isso, adquiram o hábito de comprar as suas refeições por telefone.

A dupla costumava pedir na famosa rede de restaurantes de comida chinesa que entregava suas refeições in box (na caixinha). Com o passar do tempo, eles perceberam que não haviam opções de restaurantes com um cardápio de comida brasileira que servissem em embalagens tão práticas.

Iniciaram então, uma extensa pesquisa e decidiram criar o Brasileirinho Delivery, primeiro restaurante delivery de comida típica brasileira servida na caixinha. “A ideia do box é entregar a refeição em uma embalagem inovadora, prática, higiênica e que possui uma grande aceitação por parte do público consumidor”, comenta o empresário.

O restaurante foi inaugurado em 2013, em Junho. Começar um negócio do zero foi desafiador para Jhonathan e Adriano, que realizaram a tarefa de letra, já que um ano após a sua inauguração, o Brasileirinho Delivery, entrou para o Franchising.

Com 7 anos no mercado, a rede soma mais de 110 unidades em diversos estados brasileiros e espera atingir a marca de 140 até o final de 2020. A rede, que apresentou crescimento de 3,5% na procura pelo serviço durante a pandemia do Covid19, mostra que o setor alimentício via delivery é seguro e não enfrenta sazonalidade.

Em momentos como esse, os empresários acertaram quando optaram por redes que fornecem alimentos de forma prática e rápida. “Problemas em localizar vaga para estacionar, correria do dia-a-dia e dificuldade de deslocamento nas grandes metrópoles fazem com que refeições saborosas e já prontas, embalagens práticas e serviços e produtos delivery e drive-thru sejam cada vez mais procurados. Alinhado a isso oferecemos produtos de qualidade”, conta Jhonathan.

“Estruturar uma ideia, procurar entender o mercado e trabalhar com cenário pessimista, mediano e otimista, mas acima de tudo não ter medo de arriscar são os principais fatores que é preciso ter em mente para abrir o próprio negócio”, conclui Jhonathan.

A rede, que possui dois modelos de negócio - unidade delivery e a restaurante - possui um faturamento anual de R$ 123 milhões e cerca de 300 mil pedidos mensais, provando assim, ser um enorme negócio de sucesso.

 

Para mais informações sobre acesse:

http://brasileirinhodelivery.com.br/franquia-de-alimentacao-2018/

 

Ficha de Investimento:

Investimento Inicial: R$ 240 mil

Lucro Médio Mensal: até 20% do Faturamento

Prazo de retorno: De 18 a 24 meses

Contato: Jaci Aparecido Queiroz – (11) 95268-0864

expansao01@alsfranchising.com.br