Header Ads

Últimas

N1 Chicken estima inaugurar 33 unidades em 13 Estados até o final deste ano

 

Na contramão da crise, rede espera chegar ao total de 250 novas unidades comercializadas até dezembro deste ano

Por: Redação

Mesmo com um cenário de incertezas econômicas, o N1 Chicken, maior rede de dark kitchen especializada em frango frito, está com a previsão de inaugurar 33 novas unidades em 13 Estados Brasileiros até o final deste ano.

Segundo edição especial da Pesquisa de Food Service, realizada pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) em parceria com a consultoria Galunion, o delivery dobrou sua participação no faturamento das redes de franquias de alimentação, passando de 18% para 36%. Dentre os diversos motivos pelo destaque do delivery, outro ponto mostrado é o crescimento das cozinhas virtuais, as chamadas Dark Kitchens.

O levantamento aponta que 45% dos entrevistados acreditam que o segmento de Dark Kitchen seja a principal alternativa para expansão. A modalidade que apareceu timidamente no país, se destacou durante o período de isolamento social provocado pela pandemia da Covid-19. A capixaba N1 Chicken é uma das empresas que já nasceu com esse conceito. Fundada em 2017 por cinco jovens empreendedores, marca brasileira, mesmo com nomeação em inglês, a rede se apoia em três pilares: criatividade, colaboração e simplicidade.

Para Rafael Matos, sócio fundador da rede, o conceito dark kitchen é vantajoso por diversos motivos. “Quando uma empresa é direcionada exclusivamente para o delivery, é possível aumentar a produtividade da equipe e os resultados, pois não há foco em atendimento local, e isso também reduz custos no investimento inicial e operacional, por exemplo. Além disso, também há a possibilidade de se trabalhar mais de uma marca na mesma cozinha”, comenta.

A prova disso é que durante o período de isolamento social, a rede viu seu faturamento crescer 60%. “Desde a primeira semana que foi aconselhado a quarentena, nossas vendas cresceram consideravelmente”, estima. Só no último mês de setembro, foram comercializadas 15 novas unidades da rede.

Até o mês de dezembro a meta da rede é inaugurar 33 unidades em 13 Estados brasileiros. Entre as regiões estão: Barra da Tijuca (RJ), Manaus (AM), Duque de Caxias (RJ), Contagem (MG), Campinas (SP), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Aparecida de Goiânia (GO), Cuiabá (MT), Brasilândia (SP), Niterói (RJ), Maringá (PR), Tatuapé (SP), Osasco (SP), Campos dos Goytacazes (RJ), Anápolis (GO), Valparaiso de Goiás (GO), Porto Alegre (RS), Cotia (SP), Maracanaú (CE), Araguaína (TO), Caxias do Sul (RS), Lauro de Freitas (BA), Mauá (SP), Itu (SP), Lavras (MG), Olinda (PE), Americana (SP), Marília (SP), Maricá (RJ), Resende (RJ), Teresina (PI) e Cascavel (PR). Além da forte expansão no Brasil, a marca também deu início à internacionalização da rede. Para se adquirir uma unidade é preciso um investimento de até R$ 119 mil e o faturamento médio mensal é de R$ 70 mil. 

Hoje a marca que possui 194 unidades comercializadas, 87 em operação no Brasil e 1 em Portugal, comemora a marca de 120.600 combos de frango frito comercializado mensalmente com o ticket médio de R$ 50 reais. “Passamos anos testando o tempero perfeito para nosso produto, é gratificante ver esse crescimento rápido da rede. Desde o início do projeto já sabíamos que seria um sucesso, com a maior procura de delivery, nossas vendas cresceram consideravelmente”, finaliza Rafael.